Rubrica: A Culpa é das Estrelas, de John Green

A Culpa é das Estrelas 
de John Green 
Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 256
Editor: Edições Asa
Resumo:
Apesar do milagre da medicina que fez diminuir o tumor que a atacara há alguns anos, Hazel nunca tinha conhecido outra situação que não a de doente terminal, sendo o capítulo final da sua vida parte integrante do seu diagnóstico. Mas com a chegada repentina ao Grupo de Apoio dos Miúdos com Cancro de uma atraente reviravolta de seu nome Augustus Waters, a história de Hazel vê-se agora prestes a ser completamente rescrita.
PERSPICAZ, ARROJADO, IRREVERENTE E CRU, A Culpa é das Estrelasé a obra mais ambiciosa e comovente que o premiado autor John Green nos apresentou até hoje, explorando de maneira brilhante a aventura divertida, empolgante e trágica que é estar-se vivo e apaixonado.

Rating: 5/5

Comentário:
Amei. E tudo tenho dito, nessa pequena grande palavra. 

A Culpa é das Estrelas é um livro, sem dúvida, para se adquirir e colocar na nossa biblioteca privada!
Quando ouvi falar sobre o que era a história, fiquei reticente, admito. Um romance entre dois adolescentes com cancro, bem, não posso dizer que me crie qualquer tipo de formigueiro. Mas quando comecei a ler.. wow! Está muito bem escrito e a história é sempre a fluir e não há tempos mortos. Cada letra é importante para a compreensão e para a continuidade da próxima letra. 

Hazel Grace e Augustus Waters são personagens cativantes e interessantes do ponto de vista da sua personalidade. Apesar de ambos sofrerem de cancro, ambos têm uma maneira diferente de ligar com tal.
Isaac foi, sem dúvida, a minha personagem favorita! Melhor amigo de Augustus e com cancro nos olhos, Isaac é uma fonte de forças e inspiração para mim!
Confesso que fiquei curioso para ler o famoso livro “An Imperial Affliction” escrito pela intrigante personagem Peter Van Houten. Infelizmente, o livro não existe. Mas, lágrimas não serão derramadas!
O fim do livro é um pouco previsível, mas acaba por não desiludir de maneira alguma. O facto de já ter convivido com pessoas que sofreram de cancro e que acabaram por falecer, fez-me dar ainda mais valor ao livro. Dá-nos uma boa perspectiva de como é estar na pele de alguém que sofre desta horrível doença.

Estou ansioso para ler mais livros do Autor, e aconselho vivamente a lerem! 



Alexandre.
Sobre o nosso convidado:

Alexandre Borges, composto por todas as letras e todos os sonhos do mundo. Gosta de atingir limites e de os ultrapassar. Atravessa mundos com os livros nas mãos e um sorriso na cara. Sites pessoais, já teve muitos, mas estes são os correntes.

0 leitores reagiram:

Que pensam Encruzilhad@s?